Artigos

ESTOU RENDIDA ÀS SABRINAS “MELISSA”

Share Button

Partilho consigo porque aprendi que nunca devemos dizer NUNCA!! Há dias a minha prima comentava comigo sobre as tendências de sapatos para esta estação primavera verão. E a páginas tantas ela perguntou se eu já tinha umas “Melissa”, e eu simplesmente respondi, num tom com alguma ironia:

– Melissa?? Eu sou lá mulher para usar sapatos de plástico!!!

Um belo dia fui ao Colombo, e não é que me apaixonei por umas sabrinas “Melissa”

Descobri que adoro as douradas modelo “Melissa + Jason Wu“, porque juntam o conforto à feminilidade, sem deixar de lado a elegância. Pode adaptá-las a um estilo mais chique ou mais casual, já que têm um brilho dourado fosco capaz de criar aquele look que será só seu.

imagesCAZ5MEGE imagesCATMX6HP

Encontre as suas preferidas 😉

Beijinhos,

Paula Camarneiro

 

Share Button

MODA SAPATO RASO

Share Button

Os sapatos rasos estão de volta, e são a grande moda para esta estação.

Eterna perdição de qualquer mulher, sim , porque todas somos loucas por mais um par de sapatos…Mas quando falamos em sapatos elegantes, fantásticos, pensamos logo nos sapatos de salto alto, aqueles que nos deixam mais femininas, sensuais …, mas hoje vamos falar de sapatos rasos e como podemos complementar o nosso look com o sapato raso certo para si, para a sua personalidade e guarda-roupa.

E não é que quando fui ao meu arquivo procurar fotos de sapatos rasos…só encontrei estes três??? Quererá dizer alguma coisa??

Sabrinas arredondadas: São as mais comuns no nosso dia a dia, ficam bem com praticamente tudo, vestidos, saias ou calções.

Dica: Aproveite a época de saldos para investir em sapatos de qualidade! Procure ser original, opte por algo distinto como o padrão, ou um pequeno detalhe ou enfeite. Combinado com peças mais simples, o seu look ganhará vida, seja um estilo mais clássico ou mais casual. Há quem use sabrinas o ano inteiro, pessoalmente acho que são mais apropriadas para o verão.
1174740_684718071539797_1546140182_n[1]

Sabrinas pontiagudas: Uma opção mais elegante, pois por ter a ponta mais bicuda, dá a sensação de uma silhueta mais esguia. Ficam fantásticas com saias de todas as alturas, e podemos usar com calças capri, pois convém mostrar as suas belas sabrinas.

Dica: Sendo o modelo mais chique, permite também um look muito mais elegante, até para os momentos mais especiais. Existem de vários padrões, com aplicações metálicas na biqueira, enfeites, aplicações, etc…Escolha o modelo mais adequado ao seu estilo e personalidade.

Evite este modelo se tiver os pés compridos, porque os farão parecer mais longos.

1484175_731978426831836_1352266168_n[1]

Slingbacks (com presilha atrás): Perfeitas para um look ultra-feminino (no que diz respeito a saltos rasos, claro), ficam bem com calças capri, conferem um estilo anos 60, calças de ganga justas, vestidos, saias, calções, etc…

Dica: Estas sandálias também são uma boa escolha para uma saída à noite, especialmente se tiverem um design metálico, afirmativo ou chamativo. As pontiagudas têm um look mais sofisticado. Ficam melhor sem meias. Na verdade, as meias não combinam tão bem com os slingbacks rasos. Não descure a pédicure, é fundamental que os calcanhares estejam bem tratados! E quem quiser um pouco de salto, pode optar por um salto baixo tipo ‘kitten heel’.

72902_523055271062358_1003770424_n[1]

Beijinho,

Paula Camarneiro

 

 

Share Button

JAMAIS DESÇA DOS SEUS SALTOS!!

Share Button

JAMAIS DESÇA DOS SEUS SALTOS!!

Andar nas alturas nem sempre é fácil e, por vezes, é mesmo preciso alguma habilidade.

Adoramos saltos altos, mas eles nem sempre nos facilitam a vida. Quem é que nunca reclamou de dores nos pés por estar de salto alto? Ou não se viu ansiosa para descalçar durante uma festa? Ou até mesmo no trabalho? Mas há truques que podem fazer toda a diferença no seu dia-a-dia, devolvendo-lhe o visual glamoroso que afinal pretendia ao calçar um salto com uns centímetros.

Dicas para não ter que descer do salto alto!!

Muito tempo em pé e parada? Coloque um pé à frente do outro, esta posição permite distribuir melhor o peso do corpo e garante que os joelhos ficam esticados. Assim, aquela dor incomodativa vai demorar mais a chegar e vai apresentar uma boa postura.

Escolha a altura do salto de acordo com o ritmo da ocasião: pode apostar em saltos altos e finos se não for andar muito ou se não estiver muito tempo de pé. Quanto mais parada estiver, maior pode ser o salto.

Já não precisa de massacrar os seus pezinhos, existem as palmilhas de silicone: o pé não escorrega para a frente, não transpira tanto e ainda fica mais confortável. Este tipo de palmilhas permite que, mesmo depois de algumas horas em cima do salto, os pés continuem aliviados.

Fundamental ter sempre uma postura super fantástica e elegante: joelhos esticados e andar direito, mantendo sempre os pés paralelos durante o andamento são regras essenciais. Garanta a postura e o equilíbrio, fazendo com que o peso do seu corpo recaia sobre os saltos.

Procure sapatos com mais apoio no centro do pé: muitos dos saltos altos pecam por não ter um centro bem estruturado, o que leva a que o pé não fique bem apoiado. Quando experimentar os sapatos, certifique-se de que o seu pé fica bem sustentado. Assim garante que o peso do seu corpo não recaia todo na parte da frente.

Mime os seus pés: não deixe que calos ou joanetes tomem conta deles, pois podem ser uma verdadeira dor de cabeça. Faça massagens com um pouco de creme –  sobretudo quando usar saltos acima dos 7 centímetros. No verão aposte em sandálias abertas, pois deixam respirar o pé e evitam as infeções.

Tenha atenção onde vai pisar: não queira correr o risco de ficar com o salto enterrado na areia ou na relva durante um casamento… ou até ficar com ele preso no meio da calçada. Antes de escolher o salto para onde vai subir, deve ter em atenção a superfície onde vai estar.

Praticar em casa é fundamental: após a compra, calce os sapatos em casa e caminhe com eles. Deve praticar o mais possível, tanto para os sapatos se adaptarem à forma do seu pé, como para que você mesma ganhe confiança quando for para a rua com eles.

Se é fã e não prescinde dos seus saltos altos coloque em prática algumas destas dicas, mas não se esqueça que, quando utilizados diariamente, podem causar deformidades como unhas encravadas, calosidades, joanetes, etc…

1150846_705715359445121_1204360653_n[1]

1653903_735894736429738_282039472_n[1]

ddf824c5acdf70ca193620b3da8d9711[2]

Beijinho,

Paula Camarneiro

 

 

Share Button